Postagens

Preparando-me para mudar

Imagem
 Preparando-me para mudar O proprietário da casa em que morei como inquilino por muitos anos avisou-me que não irá mais providenciar reparos nela. Ele me disse que devo preparar-me para mudar. A princípio essa não foi uma notícia das melhores. A vizinhança aqui é boa em muitos aspectos e, se não fosse pelo evidente apodrecimento da estrutura da casa, eu até que a consideraria satisfatória. Porém até mesmo um vento fraco a faz tremer, e todos os reforços não têm sido suficientes para fazê-la verdadeiramente segura. Por isso estou me preparando para mudar. É estranho a rapidez com que passamos a nos interessar pelo nosso futuro lar. Tenho consultado mapas do lugar para onde vou e tenho lido a respeito de seus habitantes. Um deles foi até lá e voltou, e por meio dele aprendi que o lugar é de uma beleza sem igual - a própria linguagem é incapaz de exprimir as coisas que escutou enquanto estava lá. Ele contou que, a fim de fazer um investimento ali, sofreu a perda de tudo o que possuía aqui

Algumas figuras da Palavra de Deus

Imagem
Além de sabermos da maneira maravilhosa que a Palavra de Deus foi formada e de toda a harmonia encontrada nela, paremos por um momento para também ver as imagens e comparações que Deus usou com respeito a Sua Palavra, a qual usou para falar com a humanidade. Ele compara-a com: uma semente, uma espada, uma lâmpada, com o fogo, com um martelo, com um espelho, com a água, com o leite, com o mel e com o maná.  Examinemos com atenção essas figuras e nos perguntemos se a Palavra de Deus corresponde realmente, em nossas vidas práticas, ao sentido que Ele nos ensina aqui. 1- A Palavra é comparada com uma semente,..." semente incorruptível “... que vive e permanece para sempre” (1 Pe. 1:23). Só ela pode produzir a vida divina em seres corrompidos como nós, uma vida divina incorruptível sobre a qual a morte não tem nenhum poder e que é comunicada, por essa semente, a todos aqueles que põem sua confiança em Jesus. Mas em Mateus, capítulo quinze, nos mostra que esta semente pode cair sobre qu

Escolha!

Imagem
 Coisa espantosa e horrenda tem-se feito na terra: os profetas profetizam falsamente, e os sacerdotes dominam por intermédio deles; e o meu povo assim o deseja. Mas o que você fará quando o fim chegar? (Jeremias 5:30-31). Jesus disse que a vida é como construir uma casa. Você pode construir de duas maneiras: você pode construir na rocha; assim como aqueles que ouvem Suas palavras, e O amam e obedecem; ou você pode construí-la na areia, ou seja, com base em qualquer sistema de pensamento ou filosofia diferente de Jesus. Você pode construir uma bela casa em qualquer lugar, que pareça atraente para os outros ou aos seus próprios olhos. Mas um momento de teste está chegando. E quando os ventos vierem e as ondas baterem contra a casa, a casa construída na rocha permanecerá em pé, enquanto a casa construída na areia cairá, por mais útil ou aparentemente confortável que tenha sido. A pergunta que Deus está fazendo a você e a mim agora é: e quanto ao fim? Existem dois portais. Um é Cristo o ou

Realmente confiamos no Senhor?

Imagem
Texto escrito por A. J. Pollock durante a Segunda Guerra Mundial. Um grande número de cristãos está sendo testado como nunca antes. No momento em que escrevo, muitos estão na linha de frente, enquanto mães, esposas, irmãs e filhos ficam sentados em casa com ansiedade e suspense ao perceber que seus entes queridos estão em constante perigo. Além de tudo isso, os cristãos em Londres, distritos próximos e na costa leste da Inglaterra estão dentro da zona de perigo. Muitos conhecidos deste escritor testemunharam os ataques recentes e presenciaram sua natureza aterrorizante. Agora, um momento como este é um tempo de teste e mostra se estamos realmente confiando ou não no cuidado do Senhor. Em tempos de paz e tranquilidade, podemos falar sobre o cuidado do Senhor, o amor vigilante do Pai, e pensar que percebemos isso, mas quando chega a prova, mostra a qualidade de nossa fé em Deus. Duas mulheres cristãs estavam conversando. Uma disse a outra:  Tenho um texto muito consolador, que me ajuda m

Pessoa e obra de Cristo

Imagem
“Vinde, CANTEMOS ao SENHOR; JUBILEMOS à rocha da nossa salvação…   APRESENTEMO-NOS ante a sua face com louvores, e CELEBREMO-LO com salmos… Ó, vinde, ADOREMOS e PROSTREMO-NOS; AJOELHEMOS diante do Senhor que nos criou… Engrandecei ao Senhor comigo; e juntos EXALTEMOS o seu nome… Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós. Por isso FAÇAMOS a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os ázimos da sinceridade e da verdade… CHEGUEMO-NOS com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé, tendo os corações purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa… SAIAMOS, pois, a ele fora do arraial, levando o seu vitupério… Portanto, OFEREÇAMOS sempre por ele a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome… REGOZIJEMO-NOS, e ALEGREMO-NOS, e DEMOS-LHE glória”   (Salmo 95:1; Salmo 95:2; Salmo 95:6; Salmo 34:3; 1 Coríntios 5:7-8; Hebreus 10:22; Hebreus 13:13; Hebreus 13:15; Apocalipse

Por Que o Nascimento de Cristo Não Foi o Suficiente?

Imagem
Sem dúvida, você já deve ter visto a representação do nascimento de Jesus Cristo em uma manjedoura. Maria, a virgem, deu à luz a Jesus, o Filho de Deus. "E deu à luz a seu filho primogênito, e envolveu-o em panos, e deitou-o numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem." (Lucas 2:7). Milhões já nasceram e morreram. Pela primeira e única vez na história, nasceu um bebê que cresceria sem demandar atenção para si de modo egoísta. Um adolescente viveria sem nunca desejar seguir Seu próprio caminho. Um jovem honraria Sua mãe sem nunca ser imprudente para com ela. Um homem viveria sem pecado e teria o direito de viver para sempre. Deus havia profetizado isto muitos anos antes: "Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, E chamá-lo-ão pelo nome de EMANUEL, Que traduzido é: Deus conosco." (Isaías 7:14, Mateus 1:23). Bilhões continuaram nascendo e morrendo desde aquele nascimento em Belém. Meramente um Homem Maravilhoso? Muitos olham para aquele hom

A fonte

Imagem
Em 1848, Londres foi atingida  com uma devastadora epidemia de cólera. Ninguém sabia qual a causa da doença. O pânico se alastrou. O Dr. John Snow, ao estudar as mortes de 89 pessoas em uma semana em uma certa área da cidade, descobriu que apenas duas delas não tinham bebido de uma certa fonte de um poço na Broad Street. Quando pediram sua sugestão em uma reunião de emergência dos líderes da cidade, Snow sugeriu: “Removam a alavanca da bomba da Broad Street”. Isto foi feito e a epidemia naquela área da cidade cessou. Mas apenas remover a alavanca não resolveu a raiz do problema. Os esgotos continuavam a gotejar no poço, contaminando-o. O poço precisava ser protegido da contaminação para assegurar que se tornasse uma fonte de água segura no futuro. A Bíblia ilustra o coração como uma fonte ou poço. Em Provérbios 4:23 nos diz “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.” Devemos estar continuamente em guarda contra o sutil esgoto espiri

Canções

Imagem
Você já andou pela floresta ou por uma estrada rural e ouviu os diferentes cantos dos pássaros? A cada um foi dado uma nota diferente pelo Criador. O canto de cada um deles é único e especial, e se combinam no coral do Criador para Seu prazer e nosso. Assim como há todo tipo de pássaros com todo tipo de cantos, assim também há todo tipo de pessoas, e a cada crente Deus deu uma canção para cantar. Cada um de nós pode dizer: “E pôs um novo cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus” (Salmos 40:3). Embora seja verdade que cada um de nós tenhamos um tom e cantemos diferente uns dos outros, mesmo assim o Senhor deseja ouvir nossa voz. Davi declarou: “Cantarei, sim, cantarei louvores ao Senhor” (Salmos 27:6). Que hoje possamos abrir a boca em canções de adoração, louvor e ações de graça. Dezenove vezes no livro dos Salmos encontramos a expressão “Cantarei”. Aqui está outro exemplo: “Preparado está o meu coração, ó Deus, preparado está o meu coração; cantarei, e darei louvores” (Salmos 57:7

Como posso crer que estou salvo até que sinta isso?

Imagem
Os sentimentos são produto da fé e não a fé um resultado dos sentimentos. Por exemplo, uma mãe dedicada recebe uma carta com uma letra desconhecida. Ela foi escrita por um médico na Nova Zelândia, dando-lhe as boas notícias que seu único filho, que acabara de recuperar-se de uma doença grave, estava a caminho de casa. Como ela ficou alegre com essas notícias. A sua emoção foi de tal forma intensa que chegou a chorar de alegria. Mas de onde surgiram os sentimentos alegres? Ela sabia que o filho estava chegando.  Como? Acreditou na carta do médico. Por que acreditou? Soubera como ele tinha sido bondoso com seu filho e tinha a certeza de que não tentaria enganá-la. Vemos então quatro coisas distintas associadas a esse fato. Ela recebeu a carta. Ela acreditou, em vista do remetente. Ela soube que o filho estava melhor e a caminho de casa, por acreditar no conteúdo da carta. Sentiu-se feliz, por saber que ele estava bem de saúde e voltando para casa. Como já deve ter percebido, os sentiment

Refletir e reagir

Imagem
"Para que sejais irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio duma geração corrompida e perversa, entre a qual resplandeceis como astros no mundo" (Filipenses 2:15). Estamos aqui neste mundo para brilhar como luzes para Cristo. E lembre-se de que somos estudados todos os dias por aqueles que nos rodeiam como uma “carta… conhecida e lida por todos os homens” (2 Coríntios 3: 2). Como tal, o crente deveria refletir Cristo em sua vida em todos os momentos: no que dizemos, no que fazemos e pelo nosso espírito e atitude. Muitas vezes, é nossa reação aos outros e as circunstâncias que mostra nosso verdadeiro estado de alma. Quantas vezes reagimos a algo que alguém disse, ou atacamos algo que alguém fez, e então percebemos que não era o espírito de Cristo? Somos exortados: "Que este sentir esteja em você, que também estava em Cristo Jesus: que... se humilhou"(Filipenses 2:5-6,8). Quanto isso é realmente verdade em nossa vida? O que o mundo verá e lerá de C

Sabedoria de Deus

Imagem
Aqui estão três declarações curtas sobre o assunto da sabedoria que copiei em meu caderno ao longo do tempo: • A sabedoria do homem é centrada em si mesmo — a sabedoria da Bíblia é centrada em Cristo. • A sabedoria de Deus dá ao homem alegria aqui nesta vida e uma eternidade feliz e abençoada — a sabedoria do homem leva à tristeza nesta vida e a uma eternidade de sofrimento e angústia. • Uma única verdade da Bíblia vale mais do que toda a sabedoria do homem. Os primeiros crentes na cidade de Corinto davam grande importância e valor à sabedoria e ao raciocínio humano. Aqui está o que o apóstolo Paulo os exorta sobre o assunto: “Porque Cristo enviou-me… para evangelizar; não em sabedoria de palavras, para que a cruz de Cristo se não faça vã… Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo? Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pe

Todos os dias

Imagem
 Aos jovens cristãos... Talvez alguns de nossos leitores estejam estudando em uma universidade ou faculdade. Certamente não há nada de errado nisso, mas você já considerou este versículo: “Porque os que servirem bem como diáconos adquirirão para si uma boa posição (bom grau – JND) e muita confiança na fé que há em Cristo Jesus” (1 Timóteo 3:13)? Paulo disse  ao jovem Timóteo como obter, não apenas uma posição, um grau, mas um “bom grau”. Talvez o Senhor tenha alguma função ou trabalho útil para você realizar para o Seu povo. Se você faz isso bem, e para a glória do Senhor, você certamente terá comprado um bom grau aos olhos de Deus.  Pode não ser o trabalho mais glamouroso do mundo, e você pode não obter muito reconhecimento ou agradecimento por ele de outros crentes. Pode parecer muito mundano, repetitivo ou servil, e talvez nem seja apreciado por aqueles a quem você procura servir. Mas se você fizer isso para o Senhor e Sua aprovação, Ele o recompensará. Isso vale mais do que qualque

Teu amor nos procurou

Imagem
 Ele mesmo "Achei Aquele a quem a minha alma ama: eu o detive e não o deixei ir" (Cântico de Salomão 3:4). Muitos anos atrás, um comentarista da Bíblia escreveu: “Nada dá mais prazer ao nosso Senhor do que encontrar um coração que desfrute Nele pelo que Ele é em si mesmo. Muitas vezes pensamos mais nos dons, nas bênçãos e favores graciosos que Ele concede. É correto e apropriado que isso nos incite a agradecer, dar graças; mas é quando conhecemos e nos alegramos em Seu amor que realmente adoramos em plena comunhão”. Na manhã da ressurreição, Maria Madalena não reconheceu imediatamente o Senhor através de suas lágrimas: “Ela voltou e viu Jesus em pé, e não sabia que era Jesus” (João 20:14). No entanto, sua angústia rapidamente se transformou em adoração quando ela viu que era o Senhor. Ela caiu aos Seus pés e adorou. O rosto mais belo do universo é o de nosso Senhor, uma vez marcado no Calvário, mas agora glorificado. Esse rosto glorificado atrairá a nossa incessante adoração

Abandonado

Imagem
“E perto da hora nona exclamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactâni; isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste” (Mateus 27:46). “Assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono” (Apocalipse 3:21). Em uma reunião em Mildmay, na Inglaterra, em 1890, o evangelista Charles Spurgeon relatou a seguinte história: Um crente idoso que sofria muito com enfermidades físicas e dores perguntou a um amigo se ele já tinha conhecido alguém abandonado por Deus, pois ele sentia que estava nessa condição. “Apenas um”, foi a resposta, “mas Ele, hoje, está sentado no trono de Seu Pai, à direita de Seu Pai.” Sim, o Senhor Jesus foi abandonado por Deus naquelas terríveis três horas de trevas, quando Ele, “que não conheceu pecado, O fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus” (2 Coríntios 5:21). Então, como resultado dessa grande obra do Calvário, “ressuscitou-O dentre os mortos, e pô-Lo à sua direita nos céus” (Efésios 1:20). Ele foi abandonado par

Anunciar e andar

Imagem
Acho que todo salvo admitirá que um cristão deve ser cristão na conduta e no discurso, assim como no nome. Caso contrário, como a vida de Cristo será vista em nós? Como daremos testemunho da nossa salvação para a bênção e salvação dos outros? O Senhor deu instruções muito específicas ao homem que Ele livrou de demônios, com uma pequena diferença nos dois evangelhos em que esse evento é mencionado. "Vá para casa, para os seus amigos, e anuncia-lhes quão grandes coisas o Senhor fez por você" (Marcos 5:19). “Volta para tua própria casa e mostra quão grandes coisas Deus fez a ti” (Lucas 8:39). Por um lado, ele deveria contar sobre a sua maravilhosa experiência com o Senhor Jesus, por outro, ele deveria mostrar por suas ações que ele estava curado e agora era um seguidor de Cristo. Que essas duas coisas também caracterizem nossa vida cotidiana. Baseado nos textos de Jim Hyland

A missão do cristão... e como realiza-la - C. H. Mackintosh

Imagem
[Este pequeno artigo é enviado para a Igreja de Deus, "com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso", com fervorosa oração para que Espírito Santo use para despertar nos corações de todos os que o leem o verdadeiro sentido da missão cristã e o fixo propósito de buscar, pela graça de Deus, realiza-lo.  Precisamos lembrar, em dias como o presente, que todo filho de Deus, todo membro do corpo de Cristo, seja qual for sua posição ou esfera de ação, tem uma missão a cumprir, uma obra a fazer por Cristo.  Ele pode não ser chamado para ser evangelista, pastor ou professor: mas é chamado a viver Cristo, representá-Lo, para ser um canal de comunicação entre Seu coração amoroso e toda forma de necessidade no mundo em escuridão, frio e egoísta.  Esta é a missão do cristão: que todo cristão procure realiza-la!]   Naqueles dias, havendo mui grande multidão e não tendo o que comer, Jesus chamou a si os seus discípulos e disse-lhes: Tenho

Uma promessa com três partes

Imagem
“E disse a Jesus: Senhor, lembra-te de mim, quando entrares no teu Reino. E disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso” (Lucas 23:42-43). Um dos ladrões pendurados em uma cruz ao lado do Senhor Jesus fez um pedido. Sabemos que ele foi salvo pela resposta de Jesus ao seu pedido. Ele deu e este ladrão uma promessa com três partes. 1. Salvação imediata - Observe a palavra “hoje”. Em outras palavras, “Hoje mesmo, no dia da sua crucificação”. Onde quer que “paraíso” esteja, Jesus disse a esse ladrão que ele estava indo para lá naquele mesmo dia. 2. Salvação pessoal - Ele disse: "Comigo". Não é "Você aí e eu aqui" Onde quer que Jesus estivesse indo, esse ladrão estaria ao Seu lado. O céu é onde Jesus está e estar com Ele é estar no céu. 3. Salvação Celestial - “Paraíso” é a palavra essencial. É a morada do Senhor Jesus agora, como indicado por Paulo, quando ele falou da época em que “foi arrebatado ao paraíso” (2 Coríntios 12:4). Essa pro

Jesus não poderia pecar

Imagem
Heb 2:18 Porque, naquilo que ele mesmo, sendo tentado, padeceu, pode socorrer aos que são tentados. O Senhor Jesus foi tentado de fora para dentro, mas nunca de dentro para fora. A tentação no deserto mostra ele sendo tentado de fora para dentro. Satanás apareceu a ele e tentou atraí-lo com um estímulo externo. Mas o Salvador jamais podia ser tentado a pecar por cobiças ou paixões internas, pois não havia pecado nele e não havia nada para responder ao pecado. Ele sofreu ao ser tentado. Enquanto nós sofremos para resistir a tentação, ele sofreu por ser tentado. Heb 4:15 Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. Ninguém pode verdadeiramente sentir o que o outro está sentindo a menos que passe por uma experiência semelhante. Como Homem nosso Senhor compartilhou de nossas experiências e pode assim entender as provas que passamos. (Ele não pode sentir o que sentimos quando praticamos o ma

Ressurreição

Imagem
“Para que saibais… qual a sobreexcelente grandeza do seu poder sobre nós, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder, que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos, e pondo-o à sua direita nos céus, acima de todo o principado, e poder, e potestade, e domínio, e de todo o nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro” (Efésios 1:18-21). Que gloriosas palavras foram anunciadas naquele primeiro dia da semana após a crucificação, quando foi declarado: “Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito. Vinde, vede o lugar onde o Senhor jazia” (Mateus 28:6). Quando o comentarista bíblico J. Boyd Nicholson visitou a Europa e Israel, ele tomou nota da seguinte experiência: “Parado em frente ao túmulo de Napoleão em Paris, contemplando sua opulência de ouro e mármore, ouvi o guia orgulhosamente dizer: ‘Aqui está a glória da França!’ Dez dias depois, sozinho no túmulo do jardim, do lado de fora dos muros da cidade velha de Jerusalém, as própri

O Filho

Imagem
“Um filho se nos deu” (Isaías 9:6). “Tendo ele, pois, ainda um seu filho amado, enviou-o” (Marcos 12:6). “Deus… deu o seu Filho unigênito” (João 3:16). “O Pai enviou seu Filho” (1 João 4:14). Desde a eternidade passada, Deus o Pai tinha um único Filho, o Senhor Jesus Cristo. Em um certo momento na história deste mundo, Ele enviou esse Filho para morrer na cruz do Calvário. Costumamos considerar o sacrifício do Senhor Jesus do ponto de vista d’Ele tendo vindo em amor e obediência ao Seu Pai, mas paremos por um momento hoje e consideremos o grande sacrifício que o Pai fez em dar e enviar Seu Filho. Este era um Filho que podia dizer verdadeiramente: “dia após dia, Eu era as suas delícias, alegrando-me perante ele em todo o tempo” (Provérbios 8:30), e de quem o Pai podia afirmar: “Este é o meu amado Filho, em quem me comprazo” (Mateus 17:5). Baseado nos textos de Jim Hyland